Agenda

2015

13 - 15 de Fevereiro

Culturgest | Lisboa [Portugal]

2015 | I AM EUROPE

I’m a dog shit ashtray
I’m a shrugging moustache, wearing a Speedo tuxedo
I’m a movie with no plot, written in the backseat of a piss-powered taxi
I’m an imperial armpit, sweating Chianti
I’m a toilet with no seat, flushing tradition down
I’m socialist lingerie, I’m diplomatic techno
I’m gay pastry and racist cappuccino
I’m an army on holiday in a guillotine museum
I’m a painting made of hair on a nudist beach eating McDonald’s
I’m a novel far too long
I’m a sentimental song
I’m a yellow tooth waltzing with wraparound shades on.
Who am I?
I am Europe.
Chilly Gonzales

 

Estes espetáculos não foram pensados à partida como trilogia. Só quando já estava a escrever o que viria a ser a terceira parte (Tear Gas, em estreia absoluta nestas apresentações na Culturgest, depois das versões iniciais apresentadas em Paris no Festival 360º, no Nouveau Théatre de Montreuil, e no programa Chantiers d’Europe, do Théâtre de la Ville) é que os três espetáculos trocaram energia e momento.

Decidi chamar-lhe, de modo oficioso, I AM EUROPE, título de uma canção de Chilly Gonzales que consegue aquilo que tento em cada um dos espetáculos que aqui apresento e que acompanham dez anos da minha vida artística e pessoal: forjar e expor uma identidade a meio caminho entre a reflexão sobre minha herança cultural europeia judaico-cristã (da qual, mesmo que queira, nunca me consigo desligar) e a minha biografia, material sempre presente no teatro que faço e onde essa herança se reflete.

É também um processo recorrente em todos os espetáculos do Teatro Praga (e o que vou apresentar na Culturgest não são espetáculos “tipo Praga”, como as salsichas “tipo Frankfurt”), as tensões entre o universal e o doméstico ou entre o mistério e a razão (George Steiner chama-lhe “a tensão entre Gregos e Judeus”). Mas nesta trilogia talvez esse género de jogo dúplice – neste caso a Europa e Eu – se encontre reificado de forma mais visível por ser um trabalho eminentemente individual.

I AM EUROPE é um retrato a três velocidades de um mapa antropomórfico.

Pedro Zegre Penim

 

Tear Gas (2015)
Israel (2011)
Eurovision (2005)

NEWSLETTER